5 filmes de terror que talvez você tenha perdido

Paulo Rezende
Tv, Séries e Livros
28.10.2014
6

Qual é o seu filme de terror favorito? O Exorcista? A Hora do Pesadelo? Jogos Mortais? Bom, seja qual for, tenho certeza que a sua resposta não vai ser nenhum dos filmes aí de baixo. E embora nenhum deles seja o meu filme de terror favorito, acho que eles não merecem a atenção e crédito que deveriam. Levando isso tudo em consideração e considerando também que estamos na semana do Halloween, decidi listar 5 filmes de terror que talvez você tenha perdido. Fica a dica pra fazer uma maratona de filmes de terror nessa sexta, caso você não tenha uma festa de Halloween pra ir! :D

A história desse filme é relativamente simples: um casal vai passar o feriado no interior de uma região da Inglaterra, algo como uma segunda lua de mel, bem romântico. Chegando lá eles começam a ser perturbados por um grupo de adolescentes bem pé no saco e, depois disso, as coisas vão de ruim para pior. O melhor jeito de classificar esse filme é como sendo bastante perturbador, e o legal dele é que você fica se perguntando o tempo todo “nossa, o que eu faria se estivesse no lugar desse casal?”. Ah! Se prepara porque o final vai te deixar traumatizado por dias, talvez semanas.

Esse filme tem um pouquinho de cada elemento que mais faz sucesso em filmes de terror. Ele é em parte um filme de fantasma, parte um filme de assassino e parte um filme de monstros, totalizando um filme que tem muitas chances de te agradar se você for fã do gênero. O filme conta a história de uma moça que tem que voltar para a casa onde passou sua infância para o enterro de sua mãe. Como se isso já não fosse bem ruim para a personagem, vários acontecimentos estranhos começam a se passar na casa, e a história tem uma reviravolta bem macabra lá para o final. O legal desse filme é que ele não é previsível, o que significa que você não consegue adivinhar o final logo de cara no começo da história. Além disso, tem vários momentos que você fica super tenso, e eu tenho certeza que você vai dar pelo menos um ou dois gritinhos de medo! Muahahaha!

Eu vi esse filme sem saber direito sobre o que ele se tratava. Li uns reviews em uns blogs e, quando fui pesquisar mais sobre ele no IMDB, vi que apesar de ele ter avaliações positivas e negativas, todos os críticos diziam a mesma coisa: assista até o final. O filme conta a história de uma moça com uma vida normal, e mostra mais da vida dela e do seu dia a dia. Ela vai trabalhar, cuida de seu cachorro e tomar uns drinks aqui e ali de vez em quando. Você só percebe que talvez esteja acontecendo algo mais sinistro no filme quando o cachorro dela some e uns barulhos que acontecem em sua casa podem não ser só fruto da imaginação da personagem. O clímax do filme vai te deixar sem fôlego, bem do tipo “nossa, eu não estava esperando por isso”. Enfim, aconteça o que acontecer, assista até o final!

Assisti esse filme com meu namorado e minha melhor amiga numa noite escura e bem silenciosa. E quer saber de uma coisa? O silêncio não durou muito. Depois que o terror começa a correr solto, não tínhamos como não gritar de medo e susto quase que o tempo todo do filme! Com certeza foi um dos mais assustadores que já vi nos últimos tempos. O filme conta a história de um grupo de amigas que vão explorar uma caverna e, depois de ficarem presas, descobrem que não estão sozinhas lá dentro. O filme é cheio de sustos, bem daquele tipo que você fica tenso e encolhido embaixo do lençol o tempo inteiro! Hahaha! A coisa fica muito mais assustadora quando você descobre o que está caçando as moças e, se posso dar uma dica pra você nessa noite de Halloween, aí vai: não perca tempo! Faz a pipoca, chama os amigos e assistam O Abismo do Medo!

Eu assisti esse filme meio que com um pé atrás, já imaginando que não fosse curtir muito. Isso devido ao fato de já terem me contado que era um filme de aliens, e eu achar que normalmente esse tipo de filme não ser muito bom e assustador pra começo de conversa. A história contada é a de uma família que, de repente, é abalada por uma série de eventos paranormais em sua casa. Como todo mundo faz em todos os filmes, eles chegam às conclusões mais simples e buscam as respostas mais racionais, até que barulhos estranhos começam a acontecer pela casa e o filho deles começa a afirmar que recebe um visitante noturno em seu quarto. A família então vai procurar ajuda de um expert em alienínegas, e não vou contar mais nada pra não estragar mais do filme. Em poucas cenas ele te deixa tenso e te faz gritar de medo, então acho que você deveria correr assistir hoje a noite mesmo!

E é isso gente, espero que vocês tenham gostado dessa lista e que esses filmes possam te gerar muitos momentos de medo e bons sustos. Se vocÊ for fã de filmes de terror, isso é uma coisa boa e você vai ficar feliz em saber que esses 5 filmes vão te proporcionar gritos e momentos de tensão com certeza! Ah! Se você ainda não ficou satisfeito e quer mais dicas de filmes de terror, aqui tem mais duas dicas de filmes novos e aqui tem 5 truques pra você usar no Netflix, caso predira assistir aos filmes por lá! Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima! :D

Lentes similares para DSLR – Valem a pena? Sigma e Tokina

Karen Bachini
Geek e Tecnologia
28.10.2014
2

A primeira vez que eu ouvi falar nesse tipo de lente, foi num estande da Paulista, onde o rapaz que trabalhava lá me ofereceu uma lente Sigma. Minha primeira reação foi: “nossa mas eu não quero comprar uma lente falsificada”, e o fotógrafo ao eu lado, que também estava comprando no estande, ficou indignado e me explicou que essas lentes não são falsificadas, são apenas lentes de outras marcas, e que algumas delas são até melhores do que as que a marca (canon/nikon) produzem. Fiquei super curiosa quanto a isso, e fui pesquisar mais sobre o assunto.

Acontece que há uns 3 anos atrás lentes similares (sigma e etc) eram consideradas inferiores, aquelas lentes mais baratas, de qualidade inferior, que só quem comprava era quem não podia investir numa lente Canon/Nikon. Mas hoje elas ganharam um espaço tão grande no mercado que chegam a trazer inovações, como a Sigma e a primeira lente zoom com abertura 1.8 do mercado. E além dessas inovações cheias de tecnologia e qualidade, elas também tem lentes mais baratas ou mais variedades que você não encontra na Canon/Nikon.

Por exemplo, eu queria uma lente que fosse algo perto do 17-40mm da Canon. Na Canon, essa lente 17-40mm f/4 custa $839. Na Tokina, eu achei uma lente muito parecida, 17-35mm f/4.0 por $499, metade do preço. Mas se eu quiser algo um pouquinho diferente, também tenho a opção Sigma 17-50mm F/2.8 por $519 (Tirei os preços em dólar do BH Photo Video, e os mesmos podem sofrer alterações).

A vantagem de procurar lentes similares é poder encontrar exatamente o que você precisa e ter opções, de talvez querer uma abertura maior, ou uma lente de maior qualidade, com maior distância focal, mais nitidez, mais barata, enfim, o leque de opções de lentes se abre muito mais e você pode realmente escolher a lente que você quer.

Outra coisa que também vai acontecer é você perceber que, as vezes, a similar tem mais qualidade do que a Canon/Nikon, que é o caso da 35mm. Achei imagens comparativas da lente 35mm de 4 marcas diferentes: Sigma, Nikon, Zeiss e Rokinon, olha só:

Sigma-35mm-f1.4-Bokeh-Comparison-960x641 Sigma-35mm-f1.4-Ghosting-and-Flare-Comparison-960x640

Fotos: Photography Life

Todas as lentes são boas, mas dá pra perceber que a Sigma tem mais qualidade óptica, cores mais bonitas e menos distorção. E essa está em primeiro lugar na minha wishlist! (:

Todas as marcas similares fabricam lentes para Canon e para Nikon. Não é a mesma lente, são lentes diferentes. Então na hora de comprar é importante escolher o modelo certo para a sua câmera (nikon ou canon).

Então é isso gente, vale a pena pesquisar muito antes de comprar, porque o custo benefício de outras marcas podem ser muito maior do que a das lentes que vocês já conhecem!

Como misturar estampas sem ficar baranga

Hevelyn Chaves
Moda
28.10.2014
7

Tudo o que mais queremos nessa vida, depois das prioridades básicas e tradicionais, é sair desfilando por aí mega estilosa e atraindo todos os olhares possíveis. E muitas vezes a gente se depara com uma infinidade de dúvidas quando abrimos o nosso guarda roupas para montar um look de matar. Por exemplo: como combinar um monte de estampas diferentes, igual às famosas, sem ficar brega ou parecendo um cabide cheio de roupas aleatórias?

As vezes eu tenho a impressão de que existem coisas que só ficam bonitas nas mulheres com “cara de ryca”, mas nada que um bom “estudo” não possa nos ajudar! Então reuni algumas dicas que podem ser muito úteis na hora do aperto:

como-usar-mix-de-estampas

 Se usar mais de uma estampa em um mesmo look ainda não é muito a sua praia, comece da forma mais discreta e tradicional: selecionando duas peças que tenham duas cores, porém uma inversa à outra.

Não entendeu? Olha só a montagem abaixo. O preto e o branco está presente tanto na blusa quanto na parte de baixo, porém um tom é predominante em uma peça que o outro tem maior destaque na segunda.

Quando menos cores tiver, mais fácil é fazer a combinação. E menor são as chances de errar!

mix-de-estampa-look-em-duas-cores

  •  Mesma estampa, cores diferentes: Outro truque muito usado é escolher a mesma estampa (bolinhas, por exemplo) para as duas peças (uma blusa + saia), porém as cores não são as mesmas como no primeiro caso. É importante combinar os tons aqui, nada de colocar cores que não casam e brigam entre si.
  • Variação no tamanho: É muito comum a gente encontrar inspirações assim feitas com listras. Geralmente usa-se uma blusa com listras mais finas na parte de cima, e a segunda peça com listras mais largas (ou vice-versa).
  • Cor predominante: Fácil de fazer quando a estampa é floral, por exemplo. É só escolher um cor que aparece bastante, e se destaca em meio a tantas outras, e desse tom partir outra estampa para completar o look. Exemplo: uma saia de print bem colorido, porém com o rosa em evidência. A blusa pode ser listrada no mesmo tom de rosa, ou se bolinhas, fica a seu critério.

TUDO-JUNTO-E-MISTURADO-ESTAMPAS

 Por último temos a regra de…não ter regras! Aqui é a hora de ousar e brincar com todas as possibilidades. Mas é importante não ter medo dos olhares e nem se intimidar com opiniões contrárias. Eu penso muito que o que torna um look maravilhoso é a pose da pessoa que está usando: se ela segura ou não aquele estilo. Moda é isso mesmo, um jogo de estilos e cores, um grande teste do que cai bem ou mal com a nossa personalidade.

Grandes exemplos de mulheres poderosas que ousam e sempre se dão bem são: Thássia Naves, Isabella Fiorentino e Aimee Song, como mostrei na primeira montagem acima. Vocês concordam com isso?

Se curtiu, já pode ir preparando seus prints preferidos para usar bastante no verão. Essa foi uma tendência desfilada na semana de moda em Paris, e que tem tudo para cair (ainda mais) na graça das Brasileiras.