Editores de imagem gratuitos (Windows e Mac)

Raquel Thomasi
Geek e Tecnologia
17.10.2014
12

Foto capa

Na semana passada falei sobre 3 editores de fotos para o celular, e hoje trouxe mais 3 editores gratuitos, dessa vez para PC.

No meu trabalho utilizo dois softwares para edição, Photoshop e LightRoom, mas esses são editores que exigem certo conhecimento, tem custo muito alto e são bastante pesados. Para quem não fotografa profissionalmente existem alguns outros programas simples, que trazem ótimos resultados para as fotos, e não gastam dinheiro ;)
Separei 3 dos que eu considero de melhor desempenho e praticidade: PhotoScape, Pixlr Express e Photoshop Express. O primeiro está disponível para Mac e Windows, e os dois últimos consegue-se usar on-line e não necessitam de download.

Tirei uma foto, com muitos objetos e cores, para que fossem mais nítidas as alterações que os programas podem fazer nas fotos.

PhotoScape

Sempre que alguém me pede indicação de um editor bom e fácil de usar, recomendo o PhotoScape. Nele é possível alterar luz e cor, adicionar filtros e textos, fazer montagens, cortar a foto, e etc.

Abaixo mostro algumas das ferramentas disponíveis, e a foto que editei usando-o.

Editor de imagens gratuito 1

 Clique aqui para fazer o Download

Photoshop Express Editor

O Adobe Photoshop Express é uma versão online e gratuita do famoso Photoshop. Basta acessar o site, fazer o upload da imagem, e tratar a foto online mesmo, sem tem que fazer download. Pode ser usado de qualquer computador :)
Ele possui algumas ferramentas do programa tradicional para editar luz, cores, tirar “olhos vermelhos”, entre outros.
Abaixo estão alguns exemplos, e a foto editada:

Editor de imagens gratuito 2

Clique aqui para acessar

Pixlr Express

 O Pixlr Express também é um editor online, com várias ferramentas interessantes, que além de corrigir luz, cor e adicionar filtros, também possui várias molduras e adesivos para adicionar as fotos.
Abaixo estão algumas da ferramentas e a foto tratada:

Editor de imagens gratuito 3

Clique aqui para acessar

Com esses programinhas, você consegue melhorar bastante o resultado das fotos, realçar as cores, cortar, desfocar parte da imagem, melhorar a nitidez, e vários outros recursos de correção e efeitos. Os que estão disponíveis online são ótimos, porque não ocupam a memoria, e podem ser usados em qualquer computador.

Espero que aproveitem as dicas, e qualquer sugestão ou dúvida, deixem nos comentários! ;)

Outubro Rosa: 5 sombras rosa que você precisa conhecer!

Karen Bachini
Maquiagem
17.10.2014
2

outubro-rosa-cancer-de-mama

Você sabe o que é o outubro rosa? É uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar homens e mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Nesse mês, tiramos pelo menos um tempinho para ajudar a propagar essa campanha, e também fazer o auto exame da mama, que é uma coisa tão fácil e comum, que as vezes a gente esquece e só deixa para lá.

Também é importante visitar um médico e colocar todos os exames em dia. Porque você não faz como eu, e aproveita esse mês para já deixara tudo marcadinho?

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (1)

Como essa campanha é tão importante, eu e alguns amigos nos reunimos para espalhar a cor rosa pelos blogs e fazer posts com o tema:  Outubro Rosa. Eu escolhi falar sobre minhas sombras rosa favoritas.

Rosa é aquela cor que eu sempre tive meio que um pré-conceitozinho, que só patricinha chata usava! hahahaha!!! Isso vindo da menina que só usava moletom largo e nunca tinha usado uma maquiagem na vida! Mas com o tempo eu fui começando a gostar mais dessa cor. Já logo admito, não é a minha preferida, mas fica linda na maquiagem.

Por isso, separei 5 sombras rosas lindas, que todo mundo deveria experimentar!

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (4)

JunkShow – Urban Decay

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (12)

JunkShow – Urban Decay

A Junkshow da Urban Decay é aquela sombra super intensa, um rosa escuro, puxando um pouquinho pro roxo. Eu amo essa sombra, para usar com preto principalmente. Aliás, preto e rosa é uma combinação que sempre dá certo. Você pode usar o rosa no cantinho interno ou então no côncavo, para esfumar o preto.

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (5)

Sushi Flower – MAC

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (11)

Sushi Flower – MAC

Sushi Flower da MAC, é, sem dúvida nenhuma, minha sombra rosa preferida. Essa eu já amo combinar com marrom, porque acho que o tom dela fica perfeito. Mas também uso muito ela sozinha, e acho que ela faz um look super fofo e romântico.

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (6)

Da Bling – MAC

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (10)

Da Bling – MAC

Eu lembro que comprei a Da Bling da MAC por indicação de basicamente todos os blogs de beleza que eu lia. Eles indicavam ela como aquela sombra rosinha must-have na sua coleção, que combina com tudo, que serve para todo o tipo de ocasião e pele. Resultado? Comprei e não me arrependi. Ela é super discreta e eu uso muito ela durante o dia. Outra coisa legal é usar ela, bem de leve, por cima de um blush rosado. Ela dá aquele glow bem bonito e diferente.

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (7)

Young Punk Mineralize – MAC

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (13)

Young Punk Mineralize – MAC

Não tenho vergonha nenhuma de dizer que tenho TODAS as sombras Mineralizes da Mac. Acho as sombras perfeitas, o acabamento lindo, a duração excelente, fora que vem tanta sombra nesse potinho, que nunca vai acabar, mesmo usando todo dia. A Young Punk foi uma das primeiras que eu comprei, e é uma das que eu mais uso. Ela tem a base preta, com glitter rosa. E quando digo glitter é glitter mesmo, e não aquelas pequenas patículas que no potinho estão em abundância mas quando você aplica no olho elas somem!! Ela fica super brilhosa no olho, um arraso – e perfeita para a noite!

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (8)

Triple Impact Extra Dimension – MAC

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (9)

Triple Impact Extra Dimension – MAC

Outra linha de sombras da MAC que eu sou apaixonada é a Extra Dimension. Eu acho lindo o acabamento dessas sombras, e sempre que eles lançam algumas, eu tenho que comprar pelo menos uma! A Triple Impact é uma das mais versáteis que eu tenho. Ela é um rosa, quase branco,  fica lindo para iluminar o cantinho interno dos olhos.

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (2)

Aproveite também para ler os outros blogs participantes dessa campanha:

outubro-roa-melhores-sombras-rosas (14)

E você, também fez um post sobre o assunto? Deixe o link aqui! (:

10 motivos para amar Bruxelas!

Monique Sonego
Viagem
17.10.2014
7
IMG_9142

Grand-Place

NY, Londres, Paris… alguns destinos de viagem são super conhecidos e fazem parte dos nossos sonhos (futuros ou realizados). Mas que tal explorar alguns destinos não tão famosos assim? Hoje eu estou aqui pra te contar 10 motivos para amar Bruxelas, a capital da Bélgica!

1) Praticidade

Pra começar, Bruxelas é uma cidade fácil de incluir na sua programação: está a 1h22min de Paris, 2 horas de Londres, e 1h50min de Amsterdam (trem). E você também pode chegar/sair de Bruxelas usando a Easyjet, já que a cidade é um destino que geralmente tem preços de passagem muito em conta. Bruxelas também pode servir como ponto de partida para conhecer outros destinos belgas, como a cidade de Bruges, a “Veneza do Norte”.

2) Preço

Bruxelas é uma cidade com ótimos preços de hospedagem e alimentação (comparando com Paris, Londres…). É muito fácil encontrar bons hotéis, inclusive 5 estrelas, por um preço muito bom. E a comida também tem um preço espetacular:  na rua ou em restaurantes, você pode comer muuito bem gastando muito menos do que em outras capitais europeias.

MannekenPis

Manneken Pis

3) Waffles (gaufres)

Amor eterno, amor verdadeiro = waffles belgas. Vendidos em lojinhas espalhadas pela cidade, os waffles tradicionais custam 1 euro (!) e são uma delícia de outro mundo. A história dos waffles belgas remonta à Idade Média, e eu recomendo muito comer o tradicional (com açúcar), mas quem quer variar pode pedir com nutella, com chantilly, com frutas… Amo ao cubo os waffles da Vitalgaufre de framboesa e de maçã verde com canela (que não são recheios, são sabores de massa mesmo – e custam um pouquinho mais, cerca de 3 euros).

4) Cerveja

A cerveja faz parte da cultura belga. A Bélgica produz uma grande variedade de cervejas, e em Bruxelas encontra-se o Delirium Café, o bar com a maior carta de cervejas do mundo (Guinness Book). O bar fica pertinho da Grand-Place e serve cerca de 2400 variedades de cerveja, incluindo as famosas cervejas trapistas belgas (produzidas em mosteiros). Recomendo experimentar a Kriek, a cerveja de cereja, que é muito gostosa mesmo!

Vitalgaufre_Delirium

Vitalgaufre e Delirium Café

Fonte: vitalgaufre.com e deliriumcafe.be

5) Chocolate

Qual o melhor chocolate do mundo? O suíço ou o belga? Eu garanto que essa disputa é muito acirrada. A especialidade belga são os pralinés (chocolates recheados) e você pode encontrá-los em uma das muitas chocolaterias espalhadas pela cidade, como a Leonidas, Godiva e Neuhaus (a mais tradicional), ou então no supermercado mesmo, por precinhos muito mais amigos.

leonidas

Meus tesouros de viagem: mapa de Bruxelas e uma latinha de chocolates Leonidas

6) Batata frita

O que dizer de uma cidade onde vendem cones generosos de batata frita – crocantes por fora e macias por dentro – com o acompanhamento de molhos diversos, por menos de 3 euros? A batata frita tem origem belga, assim como o waffle, e é vendida em quiosques na rua – friteries – que também se encontram por toda parte. Entre os segredos dessa maravilhosidade está a utilização da batata Bintje e o processo de fritura, feito em duas etapas distintas.

7) Pontos turísticos

Bruxelas faz bem pro bolso e pro paladar, mas também faz um bem danado pros nossos olhos! ô cidade cheia de coisa linda pra se ver! A começar pela Grand-Place, considerada a praça mais bonita do mundo e inscrita na lista de Patrimônios da Unesco em 1998 (clique aqui para ver a praça em tempo real). Outros pontos interessantes são o minúsculo Manneken Pis e seu guarda roupinha invejável, a Catedral de São Miguel e Santa Gudula, o Parlamento Europeu, o Parque do Cinquentenário, a Notre Dame du Sablon, o Atomium (representa uma molécula de ferro ampliada 165 bilhões de vezes) a Basílica de Koekelberg (maior edifício Art Deco do mundo)… a lista é longa!

atomium

Atomium

8) Museus

Pra quem quer um passeio mais cultural, Bruxelas oferece uma quantidade imensa de museus dos mais variados temas: história belga, belas artes, transportes, história militar, ciências naturais, instrumentos musicais, letras e manuscritos, cinema, histórias em quadrinhos, Art Nouveau…

cinquantenaire

Parc du Cinquantenaire

9) Quadrinhos

Bruxelas também é conhecida como a capital dos quadrinhos! Tintin, Smurfs, Marsupilami vem correndo pela selva e Lucky Luke, por exemplo, são criações de artistas belgas. Pra entrar de cabeça no mundo dos quadrinhos belgas existem caminhadas que passam por pontos específicos da cidade relacionados com o tema, como o Centre Belge de Bande Dessinée, o MOOF, e por vários murais espalhados pelo centro da cidade (projeto que se iniciou em 1991 e hoje conta com mais de 50 painéis) além de cafés e boutiques especializadas. Você pode baixar o mapa da caminhada aqui, mas recomendo que você passe em um ponto de informações turísticas e pegue o seu (são mais nítidos).

murais

Painéis pela cidade

10) Art Nouveau

Não bastasse ser a cidade dos quadrinhos, Bruxelas também é a cidade do Art Nouveau! Isso porque o estilo originou-se em Bruxelas, lá pelos anos 1890, graças ao trabalho pioneiro de Victor Horta e Paul Hankar, principalmente. Bruxelas tem um enorme patrimônio relacionado ao Art Nouveau espalhado pela cidade e, assim como no caso dos quadrinhos, também existem caminhadas que te levam até esses pontos (como essa aqui). Recomendo muito entrar na casa do Victor Horta – é maravilhosa e, infelizmente, não pode fotografar lá dentro :(

VictorHorta

Centre Belge de la Bande Dessinée – prédio projetado por Victor Horta e inaugurado em 1906

Art Nouveau, Quadrinhos, Waffles, Grand-Place… são muitos os motivos que me fazem amar essa cidade. No entanto, Bruxelas é uma cidade que divide opiniões. Conheço algumas pessoas que passaram por lá e não gostaram tanto assim. Isso porque, como toda cidade grande e turística, Bruxelas também tem os seus problemas. Eu poderia citar aqui as estações de metrô, que são muito zoadas e parecem estar em eterna reforma, algumas áreas da cidade um pouco menos “polidas”, e uma grande quantidade de pedintes na rua. Admito que, nas vezes que me hospedei longe da Grand-Place, eu acabei optando por voltar pro hotel meio cedo pra não ter que pegar metrô de noite (recomendo ficar em um hotel perto da Grand-Place ou da Rue Neuve, que são locais muito movimentados e cheios de opções de lazer e alimentação, assim você pode ficar na rua até altas horas sem se preocupar com o transporte).

De qualquer forma, eu acredito que esses são problemas encontrados em praticamente todas as grandes cidades turísticas da Europa – e do mundo. Não podemos dar bobeira em lugar nenhum. É por isso que esses problemas não tiram todo o encanto que Bruxelas tem, na minha opinião.

Mas agora eu quero saber de você, qual a sua opinião sobre Bruxelas?

Se você conhece, conta aqui: o que você achou?

Se você não conhece, conta aqui qual a sua impressão sobre a cidade: tem vontade de ir ou vai “deixar pra uma próxima”?