30

John Frieda – Full Repair

Recebi da Época Cosméticos e Perfumaria um kit do John Frieda, Full Repair, para testar.

Esse é um kit de tratamento para cabelos quimicamente tratados ou coloridos.

O condicionador é bem grossinho e também pode ser usado como máscara de tratamento uma vez por semana, é só deixar no cabelo agindo de 2-5 minutos.

O shampoo é perolado e trata e hidrata o cabelo enquanto limpa. Ele limpa bem o cabelo mas não deixa o cabelo ressecado.

O cheiro é muito gostoso mas é super suave!

Uma das melhores coisas sobre esse kit é que ele tira o frizz do cabelo sem tirar o volume. Esse tipo de shampoo anti frizz geralmente deixa o cabelo melequento e escorrido! Não é o caso desse.

Ele também melhora muito a textura do cabelo e adiciona brilho.

Agora o mais legal desse kit é o Flyaway Tammer. Ele é tipo uma máscara incolor, mas bem leve, não deixa o cabelo duro nem oleoso.

E quando você aplica nos fios… voilá!

O fim do frizz!

O melhor desse tammer é que você pode carregar na bolsa, assim se precisar retocar durante o dia tem um produto na mão.

Dou nota 10 para esse kit. O shampoo limpa muito bem sem deixar ressecado, o condicionador hidrata e dá uma reconstruída no fio e o tammer é simplesmente incrível!

Você pode encontra-los aqui

E você, já usou? Que nota você dá?

[starratingmulti id=88 tpl=12 style='pine_hearts' size='20' average_stars='pine_hearts']

69

Base Chanel – VitaLumiere Aqua

Comprei essa base com a Roana há algumas semanas. Eu decidi investir nela por causa de 2 resenhas:

Eu queria uma base para o dia a dia, uma que eu pudesse usar e ninguém soubesse que era base, sabe?

No começo quando tentei aplica-la levei uma coça. Não gostei do acabamento com pincel e tentei com a Beauty Blender molhada mas também não ficou boa. Depois acabei tentando com a Beauty Blender seca e aí sim gostei(Em breve vou fazer a resenha da beauty blender)!

Ela é uma base super leve, quando você aplica na pele jura que não está usando nada.

O acabamento é semi mate, e ela deixa uma textura bonita na pele.

Minha cor é a 2.0 Beige. No começo achei que a cor tinha ficado perfeita mas hoje acho que ficou meio amarela demais e escura. Devia ter pedido a 1.0!

Ela é uma base leve. Para o dia a dia mesmo. É a base d’água então é bem fluída. Eu acho que é uma base legal para quem gosta de um pouco de cobertura e trabalha no ar condicionado sabe? Porque ela é bem hidratante e não vai deixar a pele ressecada ao longo do dia por causa do ar.

Mas já não recomendo para quem tem a pele muito seca ou muito oleosa. Mas se você tem pele normal, seca ou mista vai ama-la. Ela ajuda a controlar o óleo da pele mista.

A duração dela não é das melhores, ao longo do dia a pele vai absorvendo a água e ela começa a sumir. Mas não fica manchado ou algo do tipo ela só vai sumindo e deixando a pele natural e hidratada.

Antes de aplicar tem que sacudir a base. Quando eu esqueço e tento usa-la só vem água rsrsrs.

Acho que é a melhor base para o dia a dia que já testei, porque ela tem tudo que você precisa para o dia a dia. Acabamento leve, cara de pele natural, é confortável, dura o suficiente! Então Nota 10.

O único ponto negativo é o preço né, R$139. Mas sendo Chanel não tinha como ser mais barato…

E você já usou? Que nota você dá?

[starratingmulti id=87 tpl=12 style='pine_hearts' size='20' average_stars='pine_hearts']

Você pode encontra-la aqui por R$139.

39

Passo a Passo: Lápis Azul

O tutorial para o Papo de Beleza dessa semana é um look básico, douradinho e marrom, mas com um diferencial: Lápis Azul!

Clique aqui para aprender a fazer a maquiagem!

Produtos indicados para reprodução do Look:

Ir para
o topo