Passo a Passo: Lilly Colins em Mirror Mirror

Karen Bachini
Maquiagem
10.05.2012
25

Desde que houve o lançamento do Filme Mirror Mirror, eu me apaixonei pela maquiagem da Lilly Colins, que faz a branca de neve, e fiquei empolgadíssima para fazer um tutorial!

A pele é bem branquinha e muito bem feita, nos olhos apenas um marronzinho para destacar, e nos lábios um batom com gloss vermelho, para dar aquele aspecto de maçã!

Quer aprender a fazer essa maquiagem? Confira o tutorial clicando aqui!

Sugestões de produtos para reproduzir o look:

Vamos renovar a cozinha da mamãe?

Karen Bachini
09.05.2012
10

Quando vai chegando pertinho do dia das mães, tudo que a gente vê a gente lembra da nossa mãe e logo pensa em quão perfeito isso ficaria se ela estivesse usando.

Eu sempre quis renovar a cozinha(e o quarto) da minha mãe, comprar todos os eletrodomésticos novinhos e branquinhos, tão branquinhos que chegam até a brilhar!

E quando vi esse concurso cultural, não consegui deixar de imaginar minha mãe na cozinha com tudo novinho!

O Delas e a Continental vão ajudar uma filha ou filho sortudo a renovar a cozinha da sua mãe.

Para participar, basta clicar aqui e responder a pergunta: “Como você ajudaria sua mãe a renovar a vida dela?”

Você pode participar até domingo 13/05.

Esse presentão vai deixar uma mãe mais do que feliz nesse domingo!

Acne II A Herança: Manchas e Cicatrizes

Karen Bachini
Beleza
09.05.2012
95

Continuando nossa saga sobre a Acne, vamos falar hoje desse jeitinho todo especial que ela dá pra nos acompanhar por ainda mais tempo: seus rastros, as manchas e, pior, cicatrizes.

Se enquanto a Acne está instalada e ativa já é ruim, pense em como pode ser ainda mais chato ter que lidar depois com problemas permanentes (ou quase). Essa ‘herança maldita’ que ninguém quer, mas que acontece muito, pode ser percebida de várias maneiras diferentes no processo de recuperação da pele:

  • Nódulos saltados (carocinhos)
  • Cicatrizes anormais típicas da Acne (Box Scar, Icepick e Rolling)
  • Hiperpigmentação/hipercromia (manchas)

Cicatrização

Sempre que acontece alguma alteração, o organismo prontamente se prepara para reparar o local lesionado. A função da cicatrização é devolver a integridade do tecido afetado (no caso, a pele), preenchendo o espaço deixado pela perda das células que morreram no processo (na Acne, inflamatório), fechando os ‘buraquinhos’ e devolvendo o relevo à pele. Pra que essa cicatrização aconteça perfeitamente, é preciso que o organismo proporcione condições ideais.

Diversos fatores podem fazer com que o processo de cicatrização apresente problemas: predisposição genética; idade; carências nutricionais; fatores hormonais; local da lesão (furinhos são mais frequentes na face, já percebeu?); exposição à radiação solar e pequenos traumas (não cutuque!!!) podem interromper ou afetar negativamente a cicatrização.

Cicatrizes de Acne

Box (ou boxed) Scar – cicatrizes mais planas e rasas.

Icepick – cicatriz em forma de furador de gelo. São pequenas, bem definidas e muito mais profundas.

Rolling – cicatriz onde a superfície parece apenas ondulada, mas a depressão é provocada por um feixe de fibras vertical, preso na camada mais profunda da pele. É como se fosse feita uma prega, como aquelas feitas para colocar botões em almofadas.

Hipercromia – Manchas e Manchas Pós-inflamatórias
As hipercromias são escurecimentos, resultado de pigmentação excessiva da pele que ocorrem com a produção exagerada de melanina.

A cicatrização proporciona um tecido renovado e essa “nova pele” é extremamente sensível e pode manchar com facilidade com a exposição à luz. A única e eficaz medida de prevenção contra as manchas é o uso contínuo do protetor solar.

A hipercromia pós-inflamatória é uma reação que pode acontecer espontaneamente depois de algum processo inflamatório localizado, como é o caso da Acne. É mais frequente em peles morenas e negras, mas peles claras também podem ser atingidas.

Tratamentos

Dermobrasão e microdermabrasão
Dermobrasão é um procedimento cirúrgico, realizado apenas por Cirurgiões Plásticos ou Dermatologistas. Nele, uma lixa remove a epiderme (camada mais superficial da pele) e parte da derme (camada inferior, ui). A profundidade do lixamento (ai) é controlada pelo médico. O procedimento é recebido como uma agressão pelo organismo que inicia um o processo de cicatrização de toda a região lixada, dando lugar a uma superfície mais uniforme e com menos cicatrizes (já que toda a superfície foi retirada, só restam as muito profundas). O tempo de recuperação inicial é de um mês e o processo de recuperação pode ser muito doloroso e pede acompanhamento médico constante para evitar infecções.

Peeling de Fenol
Profundo e invasivo, age como a Dermoabrasão, mas é feito com uma substância química. Exige afastamento das atividades diárias e causa grande desconforto (dor). Apesar de ainda ser executado em alguns casos, vem perdendo espaço para os Lasers não-ablativos, que proporcionam resultados tão bons quanto, mas com menor tempo de recuperação e desconforto reduzidos.

Microdermoabrasão
Também conhecido como peeling de cristal ou diamante, é a chamada esfoliação mecânica, porque funciona com o atrito de micropartículas de cristais jateados sobre a pele.

Os peelings de cristais são feitos com aparelhos próprios para esse fim, com intensidade controlada, esfoliando a pele de forma superficial e segura.

Infelizmente a Microdermoabrasão não é capaz de dar conta do recado em grande parte dos casos de cicatriz, já que é bem superficial e, como vimos, o grande problema das cicatrizes é que o que vemos é apenas a ponta do iceberg. O problema realmente acontece em um nível mais profundo da pele.

No entanto, sessões de Microdermoabrasão melhoram muito a homogeneidade da coloração da pele, sendo uma ótima opção para tratar manchinhas, renovando a pele. Podem ser realizados por esteticistas.

Peeling
Renovação cutânea através de esfoliação (química ou mecânica), que pode ser feita em vários graus de profundidade. Atenua manchas, linhas de expressão e rugas. Estimula a produção do colágeno promovendo melhora geral na sustentação da pele, e assim, uma aparência mais viçosa e iluminada.

Peelings químicos seriados
Feitos a base de ácidos, promovem descamação leve da camada superficial da pele e não necessitam de afastamento das atividades diárias. As sessões podem ser semanais ou quinzenais, de acordo com as substâncias escolhidas, definidas pelo médico dermatologista de acordo com suas necessidades e objetivos. Proporcionam resultados ótimos para reduzir a parência de poros dilatados. Funcionam muito melhor em casos de manchinhas e cicatrizes BEM superficiais. Os resultados podem ser prolongados e mantidos com o uso de cremes/soros antiidade.

Luz Intensa Pulsada
Promove esfoliação através da exposição da pele à ação de luz pulsada – diferente de Laser – com sessões mensais ou quinzenais. Atenua manchas, transformando-as em casquinhas escuras – que jamais devem ser arrancadas. Depois que se desprenderem sozinhas, a coloração da pele fica mais homogênea.

Preenchimento
Funciona nos casos em que cicatriz desaparece ao esticarmos a pele. O objetivo é deixar a cicatriz no mesmo plano que a pele ao redor. O preenchedor mais utilizado é ácido hialurônico, o mesmo utilizado para tratar rugas e sulcos profundos na pele. O produto (disponível em densidades diferentes, escolhidas pelo médico de acordo com a avaliação) é injetado dentro da depressão, com uma agulha. Sua durabilidade é de aproximadamente um ano, mas a própria aplicação pode provocar um aumento na produção de colágeno no local, então, o ideal é fazer uma reavaliação, para que o médico diga se há ou não necessidade de repetir o procedimento. ATENÇÃO: preenchimento é diferente de Botox. Um não tem nada a ver com o outro. Assim como também não tem a ver com aqueles lábios enormes, as bocas de peixe construídas com silicone. São substâncias completamente diferentes.

Subcisão
Opção para os casos em que não se aplica o preenchimento, quando a depressão não some ao esticarmos a pele (cicatriz rolling). Isso acontece porque existem fibras de colágeno que repuxam a pele para baixo e precisam ser cortadas. Esse corte é o chamado subcisão – e também é utilizado em casos de pregas de celulite. Depois da subcisão, forma-se um hematoma (roxo) que desaparece em aproximadamente quinze dias. O tratamento precisa ser feito ponto a ponto e os microcortes são feitos com uma agulha específica, chamada Nokkor ou por fibra ótica.

Laser ablativo não-fracionado
O tratamento Laser proporciona o mesmo resultado que a Dermoabrasão, substituindo a lixa e o procedimento cirúrgico. O laser também remove a epiderme, camada mais superficial da pele, e parte da derme, segunda camada da pele. Com suas ondas (laser é luz) aquece essas camadas com muita intensidade, evaporando as células. O pós-procedimento também é desagradável e doloroso, já que a região sofre uma “queimadura”, porém com intensidade controlada pelo médico.

Laser fracionado
Foi desenvolvido para rejuvenescimento da pele semelhante ao do feito pelo laser ablativo, só que sem os inconvenientes da demora na cicatrização (além de diminuição a dor) e o pós-operatório delicado.

O laser fracionado poupa áreas de pele sã entre as áreas tratadas. Isso quer dizer que a luz chega como se fosse barrada por uma peneira. Esse ‘filtro’ na ação do Laser promove rapidez na cicatrização, já que ela parte de áreas poupadas do calor.

O também chamado resurfacing fracionado não ablativo apresenta bons resultados para o tratamento de rugas finas a moderadas e outros sinais do fotoenvelhecimento cutâneo. Outras indicações são cicatrizes atróficas, cicatrizes de acne, cicatrizes cirúrgicas e há relatos da eficácia no melasma. O tempo de recuperação é rápido, mas os resultados são inferiores aos obtidos com os tratamentos ablativos, necessitando de mais sessões (normalmente 3).

Clareamento para manchas
Várias substâncias podem ser utilizadas (sozinhas ou em fórmulas de associações prescritas por um Dermatoligista). Os ativos clareadores (despigmentantes) mais utilizados são: hidroquinona, ácido glicólico, ácido retinóicoe o ácido kójico.

Como a Acne é uma inimiga cheia de ironia, tratamentos de despigmentação (clareamento) de áreas com maior oleosidade levam mais tempo para mostrar resultados – mas funcionam, desde que usados com disciplina e sem nunca abandonar o protetor solar.

Custos

Sei que vocês gostam de saber valores, mas quando o assunto são tratamentos/procedimentos estéticos fica muito difícil fazer uma média realista.

Depende muito de vários fatores diferentes, como: seu diagnóstico; sua disponibilidade de afastamento das atividades cotidianas; o profissional escolhido; suas expectativas em relação ao tempo em que pretende alcançar os resultados.

A boa notícia é que hoje é possível conseguir ótimos resultados também com tratamentos de custo médio, como é o caso dos Peeligs Seriados e mesmo dos domésticos (desde que receitados por um Médico), se o problema não for especificamente cicatrizes profundas. Nesses casos, compensa fazer poupança e investir nos tratamentos mais eficazes, como o Laser, que são mais caros, porém apresentam resposta muito superior aos paliativos.

Previsão de custos:

  • Laser Fracionado CO2 ou Erbium: R$2500 a R$3000 (3 a 4 sessões)
  • Laser Starlux: R$2500 (3 a 4 sessões)
  • Luz Pulsada Starlux: R$400 por sessão
  • Peeling (consultório): R$120 por aplicação
  • Peelings de cristais ou diamante: R$150

Os valores podem variar bastante mesmo, dependendo inclusive da procedência dos aparelhos, região do país e época do ano. Como o inverno é o período mais indicado para recuperação (pela menor intensidade de incidência da radiação solar), nessa época os preços costumam subir.

Não falei que o assunto Acne rendia, sozinho, uma enciclopédia? rs

Dicas, dúvidas e experiências pessoais? Já sabem, comentem!

Um beijo!

OBS: Meninas e meninos, a vivi está doentinha essa semana, então os comentários vão demorar um pouquinho para serem respondidos, mas jájá ela volta e responde a todos <3